Copa EFX Brasil – Júlio Ferreira é campeão com uma etapa de antecipação

Piloto da Honda Racing é o vencedor da classificação geral e da categoria Elite com uma rodada de antecedência; Equipe também comemora título de Nicolás Rodriguez na E1

Júlio Ferreira, piloto de Enduro FIM da equipe Honda Racing, durante a disputa da quinta etapa da Copa EFX Brasil, em Bragança Paulista (SP). Crédito: Idário Café/Mundo Press

Bragança Paulista (SP) – O piloto mineiro Júlio Ferreira, da equipe Honda Racing, sagrou-se campeão da classificação geral e da categoria Elite na Copa EFX Brasil de Enduro FIM. Com uma rodada de antecipação, os títulos foram confirmados na quinta etapa, realizada neste domingo (23) em Bragança Paulista (SP). O time vermelho também comemorou o troféu da classe E1 com o carioca Nicolás Rodriguez.

Ferreira completou a penúltima etapa da temporada em segundo lugar na geral, atrás do companheiro de equipe Gabriel “Tomate” Soares. O piloto fez campanha consistente, com vitórias nas quatro etapas anteriores, e levou para casa mais dois troféus de campeão da Copa EFX Brasil – ele já havia vencido a competição na categoria E2 em 2014.

“O resultado de hoje foi muito bom, já que consegui ser campeão geral e da minha categoria”, disse Júlio Ferreira, que acelerou uma Honda CRF 450RX e ficou a apenas 32 segundos de alcançar a quinta vitória seguida na competição. “Agora é focar na última etapa do Brasileiro de Enduro FIM, já que ainda tenho chance de ser campeão e vou lutar por isso”, completou.

Responsável por interromper a ótima sequência de resultados de Ferreira na competição, Tomate mostrou que está recuperado de uma lesão na mão direita que o afastou das provas por quase três meses. “Eu estou muito feliz. Trabalhei bastante para esta volta e sair daqui com a vitória é algo muito importante para mim”, disse o mineiro.

Nicolás Rodriguez, além de vencer a E1 e garantir o título de sua categoria, terminou a prova na terceira posição geral, garantindo a trinca no pódio para a Honda Racing. “Estou muito feliz com o título antecipado da minha categoria”, disse o carioca, que acelera a moto Honda CRF 250R e já havia conquistado o título da classe E3 da competição em 2013. “Foi uma prova bem bacana. Cada um dos pilotos da Honda Racing liderou a geral durante uma parte da corrida e, no fim, ficamos nas três primeiras colocações. Foi um dia muito bom para a equipe.”

A prova teve como base o Parque de Exposições Dr. Fernando Costa e contou com três especiais, sendo dois Cross Testes e um Enduro Teste. Os dois Cross Testes foram montados no próprio Parque de Exposições, ao passo que o Enduro Teste ficou em um local mais afastado, na Fazenda Coronel Jacinto. A última etapa da Copa EFX, patrocinada pela Honda, será disputada em Mauá (SP), no dia 11 de novembro. A equipe Honda Racing de Enduro FIM conta com o patrocínio da Honda, D.I.D correntes e Mobil.

Outros resultados – O piloto Marcos Oliveira, da Honda Motofield, venceu a prova na categoria E4 e reduziu para três pontos a diferença para o líder Renan Bueno Filho na tabela de classificação. Na disputa da E8, a Honda Motofield conseguiu uma dobradinha, com Fernando Pereira em primeiro e Pedro Motta em segundo – Pereira é o líder da categoria com 123 pontos.

Por fim, na disputa por equipes, a Honda Racing terminou a etapa de Bragança Paulista em primeiro lugar, seguida pela Honda Motofield no segundo posto.

Copa EFX Brasil – 5ª etapa
Bragança Paulista (SP)

Resultado das corridas

Classificação geral
1 – Gabriel “Tomate” Soares – Honda CRF 450RX – 0:45:45.10
2 – Júlio Ferreira – Honda CRF 450RX – 0:46:17.88
3 – Nicolás Rodriguez – Honda CRF 250R – 0:46:27.65
4 – Vinícius da Silva – 0:47:16.42
5 – Vinicius Abreu (Honda Moto Litoral) – Honda CRF 250R – 0:48:15.46

Elite
1 – Gabriel “Tomate” Soares – Honda CRF 450RX – 0:45:45.10
2 – Júlio Ferreira – Honda CRF 450RX – 0:46:17.88
3 – Vinícius da Silva – 0:47:16.42
NC – Jorge Negretti – 3:28:03.90

E1
1 – Nicolás Rodriguez – Honda CRF 250R – 0:58:15.65
2 – Vinicius Abreu (Honda Moto Litoral) – Honda CRF 250R – 0:48:15.46
3 – Vitor Menino (Honda Motofield) – Honda CRF 250R – 0:48:31.13
4 – João Paulo Fornazari – 0:50:37:88
5 – Gabriel da Silva – 0:50:47.63

E4
1 – Marcos Oliveira (Honda Motofield) – Honda CRF 230F – 0:48:54.69
2 – Ravi Lopes – 0:49:05.36
3 – Renan Bueno Filho – 0:49:37.34
4 – Yan Proque (Honda Motofield) – Honda CRF 230F – 0:50:40.70
5 – Antonio Biazeto – 0:51:01.79

E8
1 – Fernando Pereira (Honda Motofield) – Honda CRF 230F – 0:49:11.13
2 – Pedro Motta (Honda Motofield) – Honda CRF 230F – 0:51:27.00
3 – Otávio Cardoso – 0:51.45.02
4 – Murilo Rodrigues – 0:52:21.31
5 – Adriano Gomes Jr. – 0:52:56.70

Over 45
1 – Fábio Bizarria – 0:52:05.15
2 – Evandro Bozzetti (Honda Motofield) – Honda CRF 250R – 0:52:14.48
3 – Fabrício Calixto – 0:56:23.09
4 – Marcelo Ravangnani – 0:57:56.76
5 – Deivi Domeni – 0:58:17.59

Equipes
1 – Honda Racing (Gabriel Soares, Júlio Ferreira e Nicolás Rodriguez) – 2:18:30.63
2 – Honda Motofield (Vitor Menino, Marcos Oliveira e Fernando Pereira) – 2:26:36.95
3 – Enduro MX (Renan Bueno Filho, Luiz Fernando Martins e Leo Kauffmann) – 2:31:24.64

Mundo press

 

Deixe uma resposta