Operação “Quadriciclo não é brinquedo’” no Litoral Norte

 

Quadriciclos apreendidos (2)

Um dos quadriciclos apreendidos na “blitz” / Foto: Tribuna da Bahia

No último sábado (14),  o Detran da Bahia realizou uma blitz no Litoral Norte do estado para coibir a circulação de condutores de quadriciclos, que não possuem habilitação, e conferir os equipamentos obrigatórios do veículo. A operação faz parte da campanha “Quadriciclo não é brinquedo’”, que objetiva conscientizar as pessoas sobre as normas para esse tipo de veículo – muito utilizado por crianças e adolescentes – e fiscalizar as condutas irregulares.

No último fim de semana, equipes da Escola Pública de Trânsito realizaram ações educativas na área com informações sobre a legislação. Conforme o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), somente os maiores de 18 anos e que possuem carteira de habilitação categoria B podem dirigir o quadriciclo. O veículo deve estar equipado com placa de identificação, espelhos retrovisores (de ambos os lados ), farol dianteiro, lanterna, indicadores luminosos de mudança de direção, velocímetro, buzina, pneus em bom estado e protetor das rodas traseiras.

O coordenador da operação, major PM Luide Souza, fez um alerta aos pais de menores que usam quadriciclos. “Se for flagrado, o veículo será apreendido e levado para o pátio do Detran. Os pais serão responsabilizados e encaminhados ao Conselho Tutelar, conforme prevê o Artigo 103 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que considera essa conduta crime ou contravenção penal. O quadriciclo só será liberado mediante apresentação de condutor habilitado e pagamento das diárias de estacionamento”. Além da blitz, também foram divulgadas ações educativas na Ilha de Itaparica e no Parque de Exposições de Salvador, onde aconteceu um evento do setor agropecuário.

Foto: Leitor Metro1

Foto: Leitor Metro1

Em parceria com o pelotão do Esquadrão Águia, Polícia Rodoviária Estadual e Conselho Tutelar, a operação apreendeu quatro quadriciclos em Guarajuba e Praia do Forte. Dirigir sem capacete, pneus em mau estado de conservação e ausência de retrovisores foram alguns dos motivos das apreensões.

De acordo com o coordenador da operação do Detran, major PM Luide Souza, nenhuma criança foi flagrada dirigindo o veículo. “Felizmente não havia menores conduzindo, porém, um deles estava na carona e sem capacete, o que provoca um imenso risco à sua segurança”.

O proprietário de um dos quadriciclos apreendidos foi autuado por não utilizar equipamentos de segurança. O veículo foi encaminhado ao pátio do órgão, onde só poderá ser retirado nessa segunda-feira (16), por pessoa habilitada.

Mesmo tendo o veículo apreendido, o dono admitiu que a operação é importante. “Acredito que a ação reforce uma atitude positiva em relação ao uso de equipamentos de segurança que, em casos de acidentes, podem salvar vidas”, disse. As atividades também aconteceram neste final de semana, no Parque de Exposições de Salvador.

Créditos: Tribuna da Bahia

3 comments on “Operação “Quadriciclo não é brinquedo’” no Litoral Norte”

  1. Nelson Cunha

    Parabéns pela ação da polícia! Mas, é muito importante atualizar à legislação brasileira concernente a legalização para que os veículos circulem em vias urbanas.

  2. Paula Amorim

    Correta a atuação da PR. Mas a exigencia da “placa de identificação” é mais um dos delírios da nossa legislação já que o quadri não se licencia DE JEITO NENHUM. Pagamos a tributação – preço cheio – e não recebemos nada em troca. O “goverrrno” decidiu ignorar o quadri, assim de simples. E agora, José?

  3. Gilson Lorenzen Ferreira

    seria correto a regulamentação deste equipamento por parte do detran. Já que até uma retroescavadeira pode ser emplacada.

Deixe uma resposta