Rally Cerapió 2018 segue com inscrições abertas; saiba mais sobre a prova! 

 

Anualmente o calendário do off-road brasileiro é aberto com o Rally Cerapió. Em 2018, a prova acontece entre os dias 23 e 27 de janeiro e desbrava os litorais e sertões do Ceará e Piauí promete ser desafiadora.  As inscrições continuam abertas no site oficial (www.cerapio.com.br). 

A largada do Cerapió acontece em Trairi (CE) e terá chegada em Teresina (PI) com roteiro de mais de 1 mil quilômetros cruzando três cidades do Ceará e quatro do Piauí. O evento é reconhecido como uma das maiores provas off Road da América Latina e única no mundo que reúne em uma mesma competição várias modalidades distintas: Motos, carros 4×4, quadriciclos, UTV’s e bikes. 

“As medidas foram conferidas milimetricamente com o sistema da Totem, o que traz maior segurança para não haver possibilidade de erros de digitação. A fixação dos PCs (pontos de controles) também está muito precisa, para evitar problemas de posicionamento”, destaca Zé do Rádio, diretor das categorias Carros, Quadriciclos e UTVs, estes contarão com uma planilha diferenciada devido aos buracos e erosões.

Recentemente, foi concluído o levantamento da prova de regularidade. Para a próxima edição, os inscritos devem enfrentar um roteiro cheio de técnicas, laços e balaios (quando os veículos passam mais de uma vez pelo mesmo ponto). 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Confira abaixo os destaques de cada dia:

1º dia – 24/01 (quarta-feira) – Trairi (CE) a Sobral (CE)

Carros, Quadris e UTVs – 235 Km

Percurso dinâmico, com bastante navegação e balaios, que com certeza definirão o resultado do dia. A prova já começa com um laço logo na saída e segue com deslocamentos ligando vários balaios até chegar em Sobral (CE). Os participantes também passarão por algumas estradas tradicionais, mas não será nada monótono.

 

2º dia – 25/01 (quinta-feira) – Sobral (CE) a Parnaíba (PI)

Carros, Quadris e UTVs – 307 Km

Maior percurso da edição, com mais de 300 quilômetros e cerca de oito horas de prova. Logo no início, o trajeto já conta com balaio dentro. Depois, segue pelos Tabuleiros Litorâneos, em Parnaíba (PI), numa trilha antiga por onde passou o Cerapió de 1987, acompanhando a linha férrea, até Bom Princípio do Piauí. Com piso de areia, os participantes encontrarão terreno travado e trilhas em regiões de carnaúbas. 

 

3º dia – 26/01 (sexta-feira) – Parnaíba (PI) a Piripiri (PI)

Carros, Quadris e UTVs – 226 Km

Mais um dia cheio de balaios, com médias alternadas e trechos de areia, cascalho, estradas de terra, passando pela Fazenda Santa Rosa, que tem um projeto agropecuário. A prova chegará na comunidade Deserto, onde o primeiro Cerapió passou há mais de 30 anos. O local fica a 30 quilômetros de Piracuruca, local do Parque Nacional de Sete Cidades. Depois, a competição segue por uma trilha belíssima de floresta natural, totalmente inédita. Por fim, mais balaios até chegar em Piripiri.

 

4º dia – 27/01 (sábado) – Piripiri (PI) a Teresina (PI)

Carros, Quadris e UTVs – 256 Km

A saída será da praça da Bandeira, em Piripiri, e segue por 12 quilômetros de asfalto até entrar no trecho. Mais um começo de dia com sequência de balaios, novamente pelo povoado de Santa Rosa, por onde passou o Piocerá 2017. Em Cocal de Telha, a trilha será em areia e no meio da plantação de carnaúba. De Campo Maior até Altos, mais balaios técnicos e a chegada em Teresina será em um loteamento, com mais de 10 quilômetros.

O Cerapió 2018 tem patrocínio da Caixa Econômica Federal; co-patrocínio da Honda e Governo do Estado do Piauí, além do apoio da Audax e Prefeitura de Teresina.

Deixe uma resposta