Rally Cross Country

 

Olá meus caros Leitores da Quadriciclo Brasil, na semana passada conhecemos mais um pouco sobre o universo do automobilismo fora de estrada, com um maior foco nos Rallys de Velocidade, principalmente na modalidade Baja (se você perdeu a última edição,

Rally de Quadriciclo

Foto: Ângelo Savastano

você pode acessar clicando aqui). Hoje conheceremos um pouco sobre o Rally Cross Country, uma das modalidades do Rally de Velocidade.

Os Rallys Cross Country tem uma grande representação no cenário mundial das competições, como exemplo, o Rally Dakar e o Rally dos Sertões, e também são conhecidos por mesclarem a navegação e as elevadas médias de velocidade. Porém, podemos perceber algumas semelhanças e diferenças entre os demais tipos de competições e o Rally Cross Country, pois esta modalidade busca unir as principais características das demais competições e tentar levá-las ao extremo.

A primeira vista, pode se perceber que a navegação do Rally Cross Country apresenta um grande número de referências sobre obstáculos ou possíveis zonas de perigo, por exemplo, um trecho com uma sequência de saltos ou com pedras, um número menor de bifurcações e uma maior distância, em quilômetros, entre as referências, diferente das competições de Regularidade, que buscam utilizar as referências de modo mais próximo possível, tentando confundir o piloto\navegador.

Também é possível perceber que o Rally Cross Country não apresenta nenhum tipo de sinalização ou placa ao longo do trajeto, sendo exigido atenção total na planilha ao longo de todo o percurso, diferente dos Rallys Baja que não utilizam equipamentos de navegação.

Se você, caro leitor, estiver disposto a correr na modalidade Cross Country deve buscar se preparar arduamente, tanto fisicamente

Robert Nahas levou a melhor no Rally dos Sertões 2013 nos quadriciclos - Foto: Eric Schroeder/Fotoarena

Robert Nahas levou a melhor no Rally dos Sertões 2013 nos quadriciclos – Foto: Eric Schroeder/Fotoarena

quanto na estrutura do veículo, pois as especiais apresentam uma quilometragem mínima de 200Km (exigindo uma alteração no tanque de combustível ou implantação de um tanque extra) e a prova deve ser composta de pelo menos 2 dias, testando todo o conjunto piloto x máquina.

Então, qual o segredo para se tornar um Campeão de Rally Cross Country? Não existe nenhum segredo ou formula pronta, basta buscar conciliar as técnicas de pilotagem do Rally Baja e da navegação do Rally de Regularidade, e assim suas chances irão aumentar significativamente, e claro, continuar acompanhando a Quadriciclo Brasil para ficar sempre por dentro de tudo que acontece no mundo off-Road.

Por: Pedro HTC

Deixe uma resposta